quinta-feira, 22 de março de 2012

O que aconteceu com a ciclofaixa da rua Del Maestro?

Hoje recebi a informação que foi anunciado que a ciclofaixa da Rua Del Maestro seria retirada pela prefeitura. Essa ciclovia foi implantada em janeiro de 2012 de maneira inadequada a tal ponto que até não fez unanimidade nos ciclistas.

Quem fez essa ciclovia? Porque não foi feito a ciclovia prevista no Plano Diretor de Transporte e Mobilidade Urbana de Vitória?
Ainda não consegui saber se os ciclistas receberão alguma compensação em contrapartida dessa perda. Estou tentando saber se algo está previsto e também estoupesquisando possíveis ideias de orientações úteis para gestores.

 Não podemos esquecer que 3 ciclistas morreram no ano passado em Vitória, perto de interrupções da rede cicloviária. 3 ciclistas mortos em 2011, quantos para 2012 se a infraestrutura cicloviária não aumenta?


 11/06/2011 2 ciclistas de 22 e 24 anos morreram na Reta da Penha.
"Testemunhas disseram que o motorista estava acima do limite de velocidade. O condutor negou o excesso e também se recusou a fazer o teste do bafômetro."
http://www.folhavitoria.com.br/geral/noticia/2011/06/universitarias-morrem-apos-serem-atropeladas-por--um-carro-na-avenida-fernando-ferrari.html

27/10/2011 1 ciclista morreu atropelado em Vitória no acesso à Ponte Seca, na Vila Rubim onde falta uma ligação entre a ciclovia da Vila Rubim e a cilofaixa da Serafim Derenzi.

Se não tiver compensação da ciclofaixa Del Maestro isso seria um retrocesso grave para os ciclistas que ainda estão sofrendo bastante devido a falta de infraestrutura cicloviária em alguns trechos críticos, como por exemplo o Centro de Vitória. Não podemos esquecer que no ano passado morreram três ciclistas em Vitória, aparentemente perto de interrupções da rede cicloviária, no centro de Vitória e na Reta da Penha. Esses acidentes fatais foram assinalados com cruzes vermelhas no mapa interativo dos ciclistas da Grande Vitória as quais apontam para relatos da imprensa local. Além de não permitir os ciclistas de andar com dignidade suficiente, o que não motiva novas pessoas a aderir a essa modalidade de transporte limpa, a falta de infraestrutura cicloviária também parece ligada com acidentes fatais de ciclistas! É um problema muito sério que precisa mais atenção da sociedade civil. Hoje mesmo, 22 de março de 2012 às 21H aconteceu um acidente com um ciclista a proximidade da interrupção da rede cicloviária(perto da Ponte Ayrton Senna).

Eu devo admitir que além também de não combinar com a melhoria do trânsito, tirar uma ciclovia também não combina muito bem com duas diretrizes do PDU de Vitória:

PDU de Vitória de 2006:
"Art. 34. São diretrizes da Política de Mobilidade Urbana:
(...)
VII - apoio e incentivo às viagens não motorizadas;
VIII - priorização das calçadas e ciclovias em detrimento de estacionamentos nas vias públicas;


Hoje, 27/3/2012, passei na rua e registrei as cicatrizes do asfalto após a retirada dos tachões:


Nenhum comentário:

Postar um comentário